Os bancos de sangue humanos já estão quase sempre vazios. Se nem os bancos de sangue humano não tem dado conta de manter os hospitais, já parou para pensar nos pets?

 

Os animais também precisam de transfusão de sangue, você sabia disso? É mais comum do que você imagina. O motive deste post de hoje é justamente explicar o processo e como seu pet pode salvar outro pet.

 

Após muitas pesquisas a PayPet filtrou dados importantes pra se considerer pra esse momento.

 

Muitas pessoas ainda tem medo de levar seu pet para doar sangue por conta do procedimento, então devemos considerer primeiro que não ocorre nenhum efeito colateral, logo o processo se garante completamente seguro, quando feito por profissionais.

 

Todas as etapas do processo de doação de sangue são feito de forma cuidadosa e obedecendo a critérios de segurança e higiene. Em cada doação é retirado só um pouquinho de sangue, em um processo completamente indolor e que também é bem rápido. O pelo é levemente aparado na região do pescoço onde é efetuada a colheita, mas não se assuste, é o melhor lugar para efetuar o procedimento.

 

Existem também alguns critérios de doação para que o pet possa doar.

 

Critérios para realizar a doação de sangue:

 

Cachorros:

  • Saudável;
  • Calmo;
  • Peso superior a 30 kg (alguns médicos veterinários recomendam 25 kg, outros 27 kg);
  • Idade entre 1 e 8 anos (alguns médicos veterinários vão dizer entre 2 e 7 anos);
  • Sem doenças infecciosas;
  • Vacinado e desparasitado;
  • Não tomar qualquer medicação além dos desparasitantes;
  • Sem história de doença grave;
  • Não apresentar sopro cardíaco;
  • Não ter recebido transfusão de sangue;
  • Não ser obeso;
  • No caso das fêmeas, não podem estar prenhes;
  • Não podem estar no cio;
  • Não tenha tido carrapatos recentemente e serem negativos para hemoparasitoses (doença do carrapato).

 

Gatos:

  • Saudável
  • Calmo;
  • Peso superior a 3,5 kg (alguns médicos veterinários recomendam 4kg, outros 5kg);
  • Idade entre 1 e 8 anos (alguns médicos veterinários vão dizer entre 2 e 7 anos);
  • Ter criação totalmente indoor (gatos sem acesso a rua);
  • Apenas alimentado com dieta comercial;
  • Sem doenças infecciosas;
  • Vacinado e desparasitado;
  • Não tomar qualquer medicação além dos desparasitantes;
  • Sem história de doença grave;
  • Não apresentar sopro cardíaco;
  • Não ter recebido transfusão de sangue;
  • Não ser obeso;
  • No caso das fêmeas, não podem estar prenhes
  • Não podem estar no cio;

 

Como viram, pode haver um critério ou outro em que os médicos não cheguem a um consenso, mas em regra gerais são esses os pré-requisitos para doação do sangue.

 

É muito importante que o responsável pelo animal tenha boa vontade, seja solidário e caso o animal tenha condições, o leve para realizar doações periodicamente, o que é muito legal, pois algumas clinicas ainda liberam um check-up legal com as amostrar de sangue dos pets para garantir o bem estar do pet doador, além de um mega exame cliínico par aver o físico do seu bichinho.

 

Os principais exames realizados de graça nos bancos de sangue são:

  • Hemograma completo;
  • Contagem de plaquetas;
  • Ureia e creatinina;
  • Brucelose;
  • Leishmaniose;
  • Dirofilariose;
  • Erliquiose;
  • Babesiose;
  • Doença de Lyme;
  • Febre maculosa;
  • FIV e FeLV (gatos);
  • Mycoplasma haemofelis (gatos).

 

 

Agora voltando ao processo, dura na faixa de 15 minutos e em cães é retirada uma média de 450 ml de sangue, os gatos, por sua vez, fica em torno de 20 a 40 ml.

 

O normal é solicitarem o preenchimento de uma ficha, é basicamente informar dados sobre seu pet.

O processo de doação de sangue de animais é bastante similar ao dos humanos. O cachorro, ou gato, deve ficar quietinho durante a doação e, caso o pet seja agitado você pode optar por um sedativo bem leve para manter o animal calmo e tranquilo.

 

O cão ou gato doador deve jejuar por uma media de 4 horas antes da doação, hein!! Isso é mega importante, principalmente se você pretende optar pelo sedativo.

 

Quando a retirada do sangue terminar, o comum é que o banco de sangue ofereça uns petiscos, comidas e ração para o bichinho, uma forma de compensar o jejum…

 

Como citado anteriormente, não existem riscos, mas o animal pode sentir um pouco de fraqueza e ficar meio quietinho nas primeiras 24h.  Durante a colheito, o animal é acompanhado a todo tempo. Caso haja algum mal estar a colheita é interrompida, mas isso é raro. Não há nenhum tipo de risco em doar sangue.

 

Por conta da soma do jejum com a retirada de sangue, o pet pode ficar com um pouco de fraqueza. Isso é perfeitamente normal e passa bem rápido, mas confesso que é incomum. Se o seu animal apresentar desânimo, ficar enjoadinho ou aparentar fraqueza, basta que ele descanse e se alimente normalmente. Não esqueça de enchê-lo de beijos por que ele merece!

 

Vale lembrar que a PayPet não possui nenhum vinculo com estes hospitais, nosso propósito é apenas auxiliary no cuidado e bem estar dos pets desse imenso Brasilzão.

Uma bolsa de sangue canino pode salvar a vida de até 3 cachorros! Reflita conosco!

Seu pet salva outros pets!!

 

Ai você se pergunta… Onde levo meu pet para doar sangue?

Não é porque o processo é simples que os pets podem frequentar qualquer clinica ou centro. Por priorizar sempre lugares sérios, a PayPet fez uma mega lista de lugares que os pets podem ser levados. Veja:

 

São Paulo

 

São Paulo

 

Hospital Veterinário da Universitário Anhembi Morumbi

Rua Conselheiro Lafaiete, 64 – Brás

Tel.: (11) 2790-4693 / (11) 2790-4642 / (11) 2790-4642

 

HOVET – Hospital Veterinário da USP

Av. Prof. Dr. Orlando Marques de Paiva, 87 – Cidade Universitária

Tel.: (11) 3091-1248 / (11) 3091-1364

Site: www.fmvz.usp.br/hospital-veterinario

 

Hemovet – Laboratório e Centro de Hemoterapia Veterinária.

R. José Macedo, 98 – Parque São Lucas

Tel.: (11) 2918-8050 / (11) 2918-0082

Site: www.hemovet.com.br

 

Pets & Life – Banco de sangue de cães e gatos e Laboratório de análises clínicas veterinário

Rua Araicas, 35 – Jaguaré

Tel.: (11) 3624-3958

Site: www.petsandlife.com.br

 

Banco de Sangue Veterinário

R. Desembargador do Vale, 196 – Perdizes

Tel.:  (11) 3476.9461 / (11) 99824-3995

Site: www.bsvet.com.br

E-mail: contato@bsvet.com.br

 

Bauru

 

Centro Veterinário de Bauru

Endereço: Av. Getúlio Vargas, 15-28, Jardim América, Baurú / SP

Tel.: (14) 3224-3183 / (14) 3202-9657

 

Rio de Janeiro

 

Rio de Janeiro

 

Hemopet – Hemocentro do Rio de Janeiro

Rua Ipiranga, 53 – Laranjeiras

Site: www.hemopet.net

 

Hemoterapet

R. Barão de São Francisco, 56, Vila Isabel

Tel.: (21) 3286-8888 / (21) 3286-8888

E-mail: contato@hemoterapet.com.br

 

Pernambuco

 

Recife

 

Hospital Veterinário da UFRP (Universidade Federal Rural de Pernambuco)

Rua Dom Manoel de Medeiros, s/nº – Dois Irmãos, Recife/PE.

Telefones: (81) 3320-6401 / (81) 3320-6000

Site: www.ufrpe.br/fale

 

Bahia

 

Itapetinga

 

Polivet

Rua Min. Esaú Corrêa de Almeida Moraes, 134 – Vila Rosa

Tel.: (15) 3272-6992 / (15) 3272-6992 / 3272-1991

site: www.polivet-itapetininga.vet.br

Salvador

 

Banco de Sangue Veterinário Hemodog

Rua dos Radialistas, 209 – salas 1 e 2 – (2º andar da Clínica Veterinária Diagnose Animal) Pituba

Tel.: (71) 3011-6846 / (71) 3011-6846

Plantão: (71) 9978 -2188

 

Rio Grande do Sul

 

Porto Alegre

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul – Faculdade de Veterinária da UFGS

Av. Bento Gonçalves, 9090 – Bairro Agronomia

Tel.: (51) 3308-6095 / (51) 3308-6095

 

Bluts Centro de Diagnóstico Veterinário

Rua Dr. Florêncio Ygartua, 427 – Rio Branco, Porto Alegre (RS).

Tel: (51) 3072-0427

 

Minas Gerais

 

Belo Horizonte

 

Pronto Socorro Veterinário

Rua Jacuí 891, Bairro Floresta, Belo Horizonte, MG

Tel.: (31) 3422-5020 /

 

Life Hospital Veterinário

Rua Platina, 165 – Prado – Belo Horizonte (MG).

Tel:. (31) 2552-5694 / (31) 3588-5694

 

 

Uberlândia

 

Hospital Veterinário da Universidade Federal de

Uberlândia

Av. Mato Grosso, 3289 – Bloco 2S Campus Umuarama

Tel.: (34) 3218-2135/2196

E-mail: hvet@umuarama.ufu.br

Site: http://www.hospitalveterinario.ufu.br/

 

Paraná

 

Curitiba

 

Hospital Veterinário da UFP – Universidade Federal do Paraná

Rua dos Funcionários, 1540

Tel.: (41) 3350-5663 / (41) 3350-5664

Site: www.ufpr.br/portalufpr/hospital-veterinario

E-mail: hv@ufpr.br

 

Londrina

UEL – Universidade Estadual de Londrina

Tel.: (43) 3371-4269 / (43) 3371-4269

Rodovia Celso Garcia Cid – Pr 445 Km 380, s/n – Campus Universitário, Londrina

e-mail: dir.hv@uel.br

Site: www.uel.br/hv

 

 

Por hoje é so pessoal!!

 

Até mais.

 

Equipe PayPet – A moeda official do seu pet