Listamos as 4 principais doenças que podem ser transmitidas por seu pet para poder prevenir sempre. Veja:

Aqui estão as 4 principais doenças que podem ser transmitidas pelo seu pet:

1 – Micose: Causada por alguns tipos de fungos que podem afetar os animais e também os humanos. O ideal é se atentar a pele do seu pet, observe se existem mudanças na textura da pele ou solta constante de pelo, isso são indicios de micose, que desem ser tratados com os medicamentos certos. Normalmente, Shampoos Terapêuticos são o ideal para a limpeza dessas micoses.

2- Verminoses: Até os cães e gatos mais bem cuidados correm risco de pegar vermes, principalmente os filhotes de cachorros e gatos. Eles acabam pegando na hora do parto ou no momento de mamar (caso a mãe possua esses organismos em seu corpo e não tenha sido tratada adequadamente).

Os vermes podem ser transmitidos através do ar, água, alimentos e até mesmo dos passeios pelas ruas, o jeito é se prevenir (Dica abaixo).

3-  Raiva: A raiva é causada por um vírus e acaba sendo transmitida através da mordida do animal contaminado. A forma de diagnosticar é ficar atento nas mudanças de comportamento do seu pet. Apesar de ser mais frequente em cães, pode ocorrer também em gatos.

4- Leptospirose: é transmitida através de uma bactéria instalada na água ou alimentos contaminados pela urina do animal.

Dicas para evita-lás: 

1 – A dica mais importante de todas é manter sempre seu pet com as vacinas em dia, levando – o regularmente ao veterinário para um check – up. Fique sempre atento á mudanças no seu comportamento, no pêlo ou em sua pele. Caso perceba o problema, visite um veterinário e comece imediatamente o uso de Shampoos Terapêuticos.

2 – A higiene com seu bichinho é fundamental. É muito importante dar banhos e lavar caminhas e cobertores quinzenalmente. O ambiente onde o animal vive deve estar sempre arejado e limpo.

Uma outra forma é utilizar os vermifugos preventivos também, que você encontra clicando aqui.

–  Não deixar que seu pet passando sozinho pelas ruas. É muito importante estar sempre supervisionando os passeios dele(a), evitando contato com fezes de outros animais ou mordidas de cães de rua.

O ideal é sempre se atentar as campanhas de vacinação para pets, algumas cidades é gratuito em postos do governo.

4– Certifique-se de trocar a água do seu pet diariamente, impossibilitando assim a instalação da bactéria. Também é importante ter o cuidado ideal na hora de manipular as fezes do animal, evite o contato utilizando os coletores da PayPet na hora de rocolher.

 

Por hoje é isso galera!!

 

Equipe PayPet